Cientistas encontram 15 cérebros de uma estranha criatura marinha (FOTOS)

CC0 / Pixabay / Peixes debaixo de água, imagem ilustrativa
Peixes debaixo de água, imagem ilustrativa - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um grupo de cientistas do Reino Unido encontrou 15 cérebros fossilizados de uma insólita criatura marinha que viveu entre 521 e 514 milhões de anos atrás. Este achado é fruto do trabalho dos cientistas entre os anos de 2011 e 2016, no sítio Sirius Passet, localizado no norte da Groenlândia.

Praia australiana (imagem ilustrativa) - Sputnik Brasil
Monstro marinho sem olhos aparece em praia australiana (FOTO)
O cérebro da criatura, conhecida como Kerygmachela kierkegaardi, tinha uma estrutura simples e era composto por um único segmento. Esta característica faz com que seu cérebro seja diferente do de seus "parentes artrópodes, como aranhas, gafanhotos ou borboletas", cujo cérebro está dividido em três partes, frisou Jakob Vinther, o pesquisador principal do estudo publicado na revista Nature.

A descoberta tem importantes implicações, já que se trata de um dos mais antigos cérebros fossilizados encontrados, ajudando os cientistas a entender melhor os mecanismos da evolução.

​O Kerygmachela kierkegaardi tinha forma oval e media 25 centímetros. Sua cabeça tinha dois apêndices longos e ostentava uma cauda fina. Para se deslocar na água usava seus 11 pares de barbatanas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала