Irã tenta influenciar eleições no Iraque, dizem EUA

© AP Photo / Jacquelyn MartinChefe do Pentágono, James Mattis
Chefe do Pentágono, James Mattis - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Jim Mattis, acusou nesta quinta-feira (15) o Irã de interferir nas eleições do Iraque.

"Temos evidências preocupantes de que o Irã está tentando influenciar — usando o dinheiro — as eleições iraquianas. Esse dinheiro está sendo usado para influenciar os candidatos, para direcionar os votos", disse Mattis, sem detalhar quem o Irã procurou influenciar ou oferecer provas. "Não é uma quantidade insignificante de dinheiro, nós acreditamos." 

Destacamento iraniano na Síria - Sputnik Brasil
Irã manda aviso para os EUA: não tomem decisões 'tolas' na Síria
O secretário de Defesa dos EUA afirmou que a ação faz parte de um padrão mais amplo de ações desestabilizadoras de Teerã no Oriente Médio. Para ele, o Irã tenta interferir na Síria e no Iêmen. Mattis falou com a imprensa no voo de volta aos Estados Unidos do Bahrein, onde discutiu o Irã e outros problemas com altos funcionários do governo local.

A influência política do Irã no Iraque cresceu desde que os EUA invadiram o país para remover o presidente Saddam Hussein em 2003, marcando o início de um período prolongado de divisão sectária, violência extremista e conflitos políticos.

Washington ainda mantêm mais de 5 mil militares no Iraque apoiando sua luta contra os bolsões de resistência do Daesh. Os grupos de milícia xiitas apoiados pelo Irã também lutaram lutam contra o Daesh, às vezes em coordenação com Bagdá e às vezes não.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала