Forças turcas teriam matado 5 soldados sírios

© AP Photo / Can Erok/DHA-Depo PhotosFumaça causada por explosão na cidade síria de Afrin durante operação turca Ramo de Oliveira (imagem referencial)
Fumaça causada por explosão na cidade síria de Afrin durante operação turca Ramo de Oliveira (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O posto de controle das forças governamentais sírias em Afrin foi atingido por três ataques aéreos turcos, resultando na morte de cinco soldados, comunicou o comandante do exército sírio à Reuters. Damasco ainda não confirmou as informações.

Jato da Força Aérea da Turquia - Sputnik Brasil
Turquia destrói alvos curdos no norte do Iraque
De acordo com a mídia, os ataques feriram também dois combatentes curdos.

Em 22 de fevereiro, as forças governamentais da Síria entraram em Afrin para apoiar as forças curdas atacadas pelo exército turco e pelas unidades do Exército Livre da Síria no âmbito da operação Ramo de Oliveira lançada por Ancara em 20 de janeiro.

Anteriormente, Behchet Ebdo, comandante do Conselho do cantão de Afrin, afirmou que 48 soldados pró-Síria foram mortos em meio a combates com militares turcos e o Exército Livre da Síria.

Nesta terça-feira (13), o Estado-Maior da Turquia anunciou que as tropas turcas cercaram a parte central da cidade síria de Afrin, tomando sob controle as áreas de importância estratégica.

Praça central da cidade síria de Afrin (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Erdogan afirma que exército turco pode entrar no centro de Afrin 'em qualquer momento'
De acordo com a agência estatal turca Anadolu, durante a operação, a Turquia eliminou forças curdas de uma área total de 1.100 quilômetros de Afrin.

A operação Ramo de Oliveira visa "limpar" a cidade síria de Afrin das Unidades de Proteção Popular curdas (YPG), que Ancara considera como um grupo terrorista e uma extensão do proibido Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) turco.

Por sua vez, Damasco condenou expressamente as ações turcas em Afrin, frisando que este território é parte integrante da Síria. Moscou, por sua vez, apelou a todas as partes que atuem com moderação e respeito pela integridade territorial do país árabe.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала