CIA e Pentágono: próxima geração de armas russas é coisa do futuro

© Sputnik / Stringer / Abrir o banco de imagensLançamento de míssil balístico do complexo tático-operacional Iskander-M no polígono Kapustin Yar, na região de Astrakhan
Lançamento de míssil balístico do complexo tático-operacional Iskander-M no polígono Kapustin Yar, na região de Astrakhan - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Pentágono e CIA não veem "nenhuma mudança" nas capacidades estratégicas e militares da Rússia após a apresentação das suas novas armas estratégicas, dizendo que, segundo eles, o presidente russo Vladimir Putin, "diz muitas coisas sem fundamento".

USS Illinois da Marinha dos EUA (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Submarinos norte-americanos são capazes de acabar com Rússia, diz Pentágono
Os cinco novos sistemas russos revelados por Vladimir Putin "estão a anos de ameaçar os EUA", disse no domingo o secretário de Defesa James Mattis, frisando que as capacidades militares da Rússia não podem mudar o equilíbrio militar no mundo.

"Elas não influenciam nenhuma necessidade de mudança da nossa posição de dissuasão ", afirmou Mattis no domingo a bordo do avião rumo a Omã, detalhando que as declarações de Putin foram "decepcionantes, mas não inesperadas".

Além disso, as novas armas da Rússia também não foram surpresa para a inteligência dos EUA, segundo declarou o diretor da CIA, Mike Pomeo, a jornalistas. Ele disse que o público norte-americano não tem motivos para se preocupar com o potencial sem precedentes dos sistemas estratégicos russos.

Extraterrestre - Sputnik Brasil
Programa secreto do Pentágono continua avançando no estudo de OVNIs, diz analista
"Vladimir Putin diz muitas coisas sem fundamento. Não quero comentar os detalhes com precisão", sublinhou o diretor da CIA na entrevista ao canal Fox News. "Estamos vigiando e observando tudo isso com cuidado, tal como os nossos parceiros do Departamento de Defesa. Os norte-americanos devem estar certos de que entendemos muito bem o programa russo e sabemos como assegurar que os norte-americanos serão protegidos das ameaças de Vladimir Putin", adicionou Pompeo.

Enquanto o presidente russo afirmou que os sistemas das armas foram sujeitos a muitos testes e alguns já estão em produção em série, a mídia ocidental e várias figuras públicas duvidam quanto à realidade de tais tecnologias avançadas.

Em seu discurso à Assembleia Federal (parlamento bicameral da Rússia) em 1 de março de 2018, o presidente russo, Vladimir Putin, falou sobre um leque de novos armamentos que a Rússia começou a produzir recentemente. Além de revelar o míssil balístico intercontinental mais moderno Sarmat e a nova tecnologia de laser de defesa aérea, o presidente russo apresentou três sistemas de armas revolucionários desenhadas para enfrentar as capacidades dos EUA.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала