Trump concorda em se encontrar com Kim Jong-un

© AP Photo / Evan VucciPresidente dos EUA, Donald Trump
Presidente dos EUA, Donald Trump - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou na noite desta quinta-feira que está pronto para se reunir com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un.

Em uma surpreendente mudança de postura, um representante do governo sul-coreano informou que o líder norte-coreano se comprometeu a abrir mão de seus testes nucleares e de mísseis e ainda teria reconhecido a necessidade de EUA e Coreia do Sul realizarem exercícios militares na península coreana. 

Em coletiva de imprensa na Casa Branca nesta noite, o conselheiro de Segurança Nacional da Coreia do Sul, Chung Eui-yong, afirmou que Kim deseja encontrar Trump "o mais cedo possível". Esse encontro histórico, de acordo com o chefe de Estado norte-americano, deve acontecer em maio. O local, no entanto, não foi informado.

"Kim garantiu que a Coreia do Norte irá se abster de novos testes nucleares ou de mísseis", disse Chung, atribuindo o feito à "política de pressão máxima" de Trump.

A secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, disse por meio de nota que o presidente norte-americano apreciou muito as palavras da delegação sul-coreano e do presidente sul-coreano, Moon Jae-in, e que, de fato, se encontrará com Kim Jong-un em "local e momento serem determinados". 

"Estamos ansiosos pela desnuclearização da Coreia do Norte. Enquanto isso, todas as sanções e o máximo de pressão devem permanecer", afirmou Sanders. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала