Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Naftogaz, da Ucrânia, culpa Moscou por dependência do gás russo

© Sputnik / Grigory Vasilenko / Abrir o banco de imagensLogo da companhia estatal de gás ucraniana, a Naftogaz
Logo da companhia estatal de gás ucraniana, a Naftogaz - Sputnik Brasil
Nos siga no
A economia ucraniana tem sido vítima do "círculo vicioso" de dependência do gás russo, no entanto, a Naftogaz deixou para trás histórico de devedor da Gazprom torando-se "credor", disse o presidente-executivo da Naftogaz, Andriy Kobolyev, nesta quarta-feira (7).

Na quarta-feira passada, o Instituto de Arbitragem da Câmara de Comércio de Estocolmo acatou parcialmente os pedidos da Naftogaz, da Ucrânia, sobre o que dizia ser o fracasso da empresa russa de energia Gazprom no fornecimento de gás para o país, ordenando à empresa russa que pague US$ 4,63 bilhões à empresa ucraniana.

Distribuição russa de gás - Sputnik Brasil
'Prova de confiança': EUA querem que Gazprom volte a fornecer gás para a Ucrânia
No entanto, levando em consideração a quantidade de dinheiro anteriormente concedido à Gazprom em relação ao contrato de fornecimento de gás, a compensação mútua de passivos resultou na obrigação da Gazprom de pagar um valor menor, US$ 2,56 bilhões. 

Na sexta-feira (2), a Gazprom afrimou que era contra a Ucrânia resolver seus problemas econômicos às suas custas e lançou mão de um procedimento para rescindir contratos com a Naftogaz.

"A Ucrânia foi vítima do chamado círculo vicioso do gás russo por muitos anos", disse Kobolyev em uma apresentação sobre o desenvolvimento do setor de gás do país à durante a conferência CERAWeek em Houston, Texas.

Kobolyev culpou a Rússia por vender o "gás caro" à Ucrânia, cujo preço foi maior em 32% em 2014 em comparação com o mercado europeu, de acordo com as estimativas da Naftogaz.

Gasoduto na região de Donetsk - Sputnik Brasil
Ucrânia 'sai da dependência de gás russo' e compra por preço 4 vezes mais caro
"A ajuda do chamado irmão foi, na realidade, sugou dinheiro da economia ucraniana", disse Kobolyev.

No entanto, ele acrescentou, Naftogaz conseguiu implementar a volta por cima da empresa tornando-se "credor da Gazprom" após a decisão do Tribunal de Arbitragem de Estocolmo, em 28 de fevereiro.

Gazprom e Naftogaz estão envolvidas em disputas judiciais desde junho de 2014, quando a Gazprom mudou sistema de pagamento que tinha com a trocou a Ucrânia para um sistema pré-pago de fornecimento de gás, devido a uma dívida da empresa ucraniana.

As reclamações da Gazprom basearam-se principalmente nas punições previstas pelo contrato firmado entre as estatais Gazprom e Naftogaz. 

A fórmula contratual obriga a Ucrânia a pagar o volume de gás especificado no contrato, independentemente do volume real de compras. Pouco depois da introdução do novo sistema, a Naftogaz apelou para o tribunal de arbitragem de Estocolmo, exigindo que os preços de fornecimento de gás e de trânsito do contrato firmado em 2009 fossem revisados de forma retroativa.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала