Gazprom e Bolívia criarão empresa conjunta para comercialização de gás

© Sputnik / Maksim Blinov / Abrir o banco de imagensGazprom e Lukoil
Gazprom e Lukoil - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Em 2018, a empresa russa Gazprom espera assinar o acordo final para a criação de uma companhia conjunta com a Bolívia a fim de promover e comercializar o gás boliviano com outros países, em particular com Brasil e Argentina, informou à Sputnik Internacional uma fonte inteirada sobre as conversações.

O presidente da Bolívia, Evo Morales, é recebido no Palácio do Planalto pelo presidente Michel Temer. - Sputnik Brasil
O que representa para a Bolívia e para o Brasil o impasse na renovação do acordo do gás?
O interlocutor da agência lembrou que o memorando correspondente foi assinado em outubro de 2017 por diretores da Gazprom Internacional, Gazprom Marketing e Trading, a YPFB boliviana e o ministro dos Hidrocarbonetos e Energia da Bolívia, Luis Alberto Sánches.

Segundo a fonte, em breve o contrato de 20 anos firmado com o Brasil será concluído, motivo pelo qual a Gazprom buscará estabelecer um acordo para apoiar a parte boliviana na comercialização de gás com Brasil e Argentina.

A data da assinatura do acordo dependerá sobretudo do Brasil e da quantidade de gás que declarar em seu novo contrato com a Bolívia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала