Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Armas hipersônicas da China ameaçam toda frota de superfície dos EUA

CC BY 2.0 / Frota do Pacífico dos EUA / USS Ronald ReaganPorta-aviões Ronald Reagan dos EUA perto da península da Coreia (foto de arquivo)
Porta-aviões Ronald Reagan dos EUA perto da península da Coreia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga no
Durante uma conferência anual dedicada à defesa, celebrada nesta terça-feira (7) em Washington, Michael Griffin, subsecretário de defesa para pesquisa e engenharia e ex-administrador da NASA, alertou para o perigo que o desenvolvimento das armas hipersônicas chinesas representa para a frota norte-americana.

Militares do Exército de Libertação Popular durante o desfile militar comemorativo do 90° aniversário da fundação do exército, na base militar de Zhurihe na China, em 30 de julho de 2017 - Sputnik Brasil
Estados Unidos estão se preparando para guerra nuclear com China?
"Em números redondos, a China efetuou 20 vezes mais testes de armas hipersônicas que os EUA ao longo da última década", afirmou ele, citado pela edição Washington Examiner

O desenvolvimento ativo deste novo tipo de armas coloca em perigo os porta-aviões norte-americanos posicionados na região da Ásia e do Pacífico, já que os EUA não dispõem de sistemas de defesa eficazes para responder a seus possíveis ataques.

'Toda a frota de superfície dos EUA está ameaçada'

"Quando os chineses puderem posicionar sistemas hipersônicos táticos ou regionais, eles estarão ameaçando nossos grupos de combate de porta-aviões", declarou Griffin, acrescentando que de fato, "toda a frota de superfície" dos EUA está ameaçada, bem como as forças terrestres instaladas em posições avançadas.

Soldados chineses gritando slogans enquanto o presidente Xi Jinping inspeciona o Exército de Libertação Popular, em 30 de junho de 2017 - Sputnik Brasil
'Se quer paz, prepare-se para a guerra': analista comenta novo orçamento militar da China
O desenvolvimento de sistemas de defesa contra as armas hipersônicas virou uma prioridade para o Pentágono, segundo confirmou o alto funcionário, que considera inaceitável uma situação em que a única resposta possível de seu país é "permitir que eles sigam o seu caminho ou recorrer ao nuclear".

Na semana passada, o presidente russo, Vladimir Putin, fez seu tradicional discurso anual perante a Assembleia Federal da Rússia. Durante o discurso foram mostrados vários vídeos com os mais recentes desenvolvimentos do equipamento militar russo que nunca foram publicados antes, inclusive armas hipersônicas de nova geração.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала