Pyongyang diz querer escrever história de unificação das Coreias

© Sputnik / Ilia Pitalev / Abrir o banco de imagensNorth Korean leader Kim Jong-un during a military parade marking the 105th birthday of Kim Il-Sung, the founder of North Korea, in Pyongyang
North Korean leader Kim Jong-un during a military parade marking the 105th birthday of Kim Il-Sung, the founder of North Korea, in Pyongyang - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Pouco depois de Kim Jong-un dar um jantar para uma delegação de funcionários do governo da Coreia do Sul em Pyongyang, a mídia estatal do país divulgou uma nota afirmando que a intenção do líder norte-coreano é fazer avançar o diálogo bilateral e escrever uma nova história, de reunificação nacional.

O presidente Donald Trump e líder norte-coreano Kim Jong Un - Sputnik Brasil
Trump sugere que EUA se reunirão com Coreia do Norte
"Ele [Kim] esclareceu que é a nossa posição consistente e de princípios, e sua firme vontade, fazer avançar vigorosamente as relações norte-sul e escrever um nova história de reunificação nacional pelos esforços concertados de nossa nação", disse a agência KCNA

Ainda de acordo com a imprensa oficial, Kim Jong-un concordou com a possibilidade de um encontro com o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, de quem recebeu um convite através do seu enviado especial, Jong Ui Yong.

"Ele teve uma conversa de coração aberto com a delegação do enviado especial do lado sul sobre as questões relativas a melhorar ativamente as relações norte-sul e garantir a paz e a estabilidade na península da Coreia", diz o comunicado. "Ele também fez uma troca de pontos de vista aprofundados sobre as questões para aliviar as tensões militares agudas na península coreana e ativar o diálogo versátil, o contato, a cooperação e o intercâmbio".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала