Se sobrestimou? Píton gigantesca devora cariacu de 16 kg (FOTO)

CC0 / Pixabay / Píton (foto referencial)
Píton (foto referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A píton tentou regurgitar sua vítima, mas os cientistas que a capturaram acreditam que, se não a tivessem perturbado, teria continuado digerindo a presa por seis meses.

Na Flórida, um grupo de pesquisadores norte-americanos capturou uma píton birmanesa de 3,50 metros de comprimento que havia devorado um cariacu de 16 quilos, ou seja, dois quilos a mais do que o próprio peso do réptil.

​De acordo com a edição USA Today, este é o primeiro caso deste tipo conhecido pela ciência. Depois de ser capturada, a píton tentou vomitar sua presa, mas os cientistas acreditam que, se não a tivessem perturbado, teria continuado digerindo o animal, um processo que poderia ter durado até seis meses.

O respectivo relatório será publicado na edição de março da revista científica Herpetological Review.

Cobra venenosa conhecida mais como cobra-marrom - Sputnik Brasil
Serpente mais venenosa do mundo é encontrada dentro de lancheira na Austrália (FOTO)
De acordo com os biólogos, um representante típico desta espécie de píton cresce até 3,7 metros de comprimento, embora o espécime mais longo encontrado até agora tenha medido 5,74 metros. Por outro lado, o cariacu, um tipo de veado, pode atingir um metro de altura.

As pítons birmanesas foram introduzidas na Flórida a partir do Sudeste Asiático como animais de estimação na década de 1970. Alguns espécimes que escaparam ou foram libertados se adaptaram às condições da região de Everglades e, desde então, representam uma ameaça para o ecossistema local.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала