Moscou: EUA de fato instigaram Turquia a iniciar operação militar em Afrin

© AFP 2022 / OZAN KOSERebelde sírio apoiado pela Turquia em um posto de controle na cidade síria de Azaz
Rebelde sírio apoiado pela Turquia em um posto de controle na cidade síria de Azaz - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os EUA, fornecendo as armas mais modernas aos curdos, de fato impeliram a Turquia a realizar a operação militar na cidade síria de Afrin, disse em entrevista à Sputnik o secretário assistente do Conselho de Segurança da Rússia para a Segurança Internacional, Aleksandr Venediktov.

Recep Tayyip Erdoğan - Sputnik Brasil
Erdogan sugere homenagem à criança que poderia ser mártir em guerra em Afrin (VÍDEO)
"Os curdos são literalmente atulhados com as armas mais modernas [norte-americanas]. As remessas de armas modernas e incentivos aos ânimos separatistas entre os curdos de fato provocaram a operação militar por parte da Turquia na região de Afrin", afirmou o interlocutor da agência.

Em 20 de janeiro, o Estado-Maior General da Turquia anunciou o início da operação Ramo de Oliveira contra as formações curdas em Afrin. Damasco condenou decisivamente as ações da Turquia, notando que esse território é parte integrante da Síria.

Por sua vez, Moscou apelou a todas as partes a respeitarem a integridade territorial da Síria.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала