Conheça esta antiga 'porta do inferno' na República Tcheca que continua inspirando horror

CC0 / Pixabay / Castelo (imagem referencial)
Castelo (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O misterioso castelo de Houska, também conhecido como a "porta do inferno", se situa a 47 quilômetros da capital tcheca. Envolvido em um grande número de lendas, o castelo há muitos séculos que deixa os especialistas perplexos.

Múmia do Egito - Sputnik Brasil
Cientistas decifram mensagem secreta dentro de uma múmia
O castelo foi construído no século XIII por ordem do rei Premysl Otakar II. Contudo, nesse lugar já no século IX existia uma fortaleza de madeira.

O vigilante do castelo, Miroslav Konopasek, contou à Sputnik República Tcheca que o nome de Houska remonta ao século IX.

O lugar da construção não era estratégico, pois lá não havia vias comerciais nem povoados que necessitassem de proteção. Também não havia qualquer fonte de água. O plano de arquitetura do castelo mostra que ele nunca teve estruturas de fortificação, nem armazéns, nem sequer cozinha. Levando em consideração o fato de as torres do castelo serem viradas para o interior, parece que o castelo foi construído não para se proteger de algo externo, mas sim de algo que estava dentro.

De acordo com a lenda, no século IX no lugar existia um poço sem fundo do qual saíam criaturas meio-homens-meio-animais e estranhos seres com asas negras. Desde então, esclarece Konopasek, começaram a designar o lugar como "porta do inferno". O castelo teria sido construído a fim de lutar contra as forças do outro mundo. De fato, ele pode ser considerado como um portal entre os dois mundos.

CC BY-SA 3.0 / Petr Kratochvil / Castelo de HouskaCastelo de Houska
Castelo de Houska - Sputnik Brasil
Castelo de Houska

Conforme outra lenda, houve um tempo em que os prisioneiros condenados à morte podiam descer ao poço do castelo de Houska em troca de serem indultados. O primeiro prisioneiro que aceitou a proposta e desceu começou a gritar freneticamente. Quando o tiraram para a superfície, estava grisalho e assustado até a morte. Passados vários dias, morreu.

Armas e armadura de vikings - Sputnik Brasil
Herança dos vikings: arqueólogos descobrem castelo de mil anos na Dinamarca
Depois disso, tentaram encher o buraco com pedras durante três anos, e para finalizar, construíram a capela que hoje em dia é o lugar mais misterioso do edifício.

Desde 1999, o castelo está aberto ao público. Cada um pode tomar contato com o enigma secular do poço diabólico. E, embora o vigilante do castelo diga que nele não há nenhuma sala aonde ele não aconselhe ir, mesmo assim as paredes inspiram medo. Uma sala misteriosa encontrada em 2013 confirma que o castelo continua a surpreender e, talvez, em breve venhamos a ouvir falar algo mais sobre ele.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала