Torre de lançamento de foguetes da NASA de 1 bilhão de dólares está se curvando

Nos siga noTelegram
Uma enorme torre de lançamento de foguetes da NASA, que custou mais de um bilhão de dólares (acima de três bilhões de reais), está se inclinando, confirmou a agência espacial Space Launch System (SLS).

Vulcão em erupção (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Contagem regressiva para erupção? Nova onda sísmica sacode supervulcão de Yellowstone
Felizmente, a inclinação da torre não requer ações de correção, disseram responsáveis da NASA ao portal NASASpaceFlight.com.

"O lançador móvel da NASA tem uma estrutura correta, foi construído conforme os padrões e não requer mudanças no desenho ou modificações", declarou na quinta-feira (22) o porta-voz da entidade. "Como se espera, o lançador não é perfeitamente imóvel".

O lançador foi construído para o programa Ares, que tinha por objetivo apoiar a exploração fora da órbita terrestre. O foguete Ares V deveria fornecer cargas a Marte a fim de preparar uma eventual presença humana no planeta. O Ares I deveria lançar uma tripulação de seis astronautas a Marte a bordo da aeronave espacial Orion. O programa Ares foi cancelado em 2010, sendo substituído pelo Space Launch System (SLS) como principal programa de exploração do espaço exterior. O lançador que atualmente está se curvando foi reutilizado para o SLS.

O presidente dos EUA, Donald Trump, e novo conselheiro de segurança nacional, general Herbert McMaster, em 20 de fevereiro de 2017 - Sputnik Brasil
EUA estarão prontos para possível guerra no espaço, afirma assessor de Trump
Esta falha talvez seja resultado da "combinação da soldagem dos vários níveis e sua modificação do desenho original do lançador móvel para o foguete Ares, com as mudanças introduzidas na estrutura durante estas modificações e a massa adicional", sugeriu o porta-voz da NASA.

"Todas as nossas previsões e desvios atualmente medidos estão de acordo, o que indica que temos uma compreensão sólida do quanto a torre se desvia naturalmente e confirma que não é necessária nenhuma ação de correção", observou o porta-voz.

A torre de um bilhão de dólares será usada para um único lançamento, quando o SLS for lançado em 2020, comunica o site Ars Technica.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала