Governador dos EUA é indiciado por tirar 'nude' e tentar chantagear amante

CC0 / / Eric Greitens
Eric Greitens - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O governador de Missouri, nos Estados Unidos, foi acusado nesta quinta-feira (22) de invasão de privacidade por ter tirados fotos comprometedoras de sua ex-amante em um possível caso de chantagem.

Eric Greitens foi fichado e liberado após um grande juri emitir a acusação de que ele tentou chantagear a mulher com quem mantinha um caso extraconjugal.

Ele chegou a admitir o envolvimento antes de assumir o atual cargo, em 2015.

De acordo com o jornal St Louis Post-Dispatch, o governador ameaçou publicar as fotos na hipótese de seu envolvimento extraconjugal ser tornado público.

"É essencial que os moradores da cidade de St. Louis e nosso estado tenham confiança em seus líderes", disse em um comunicado a promotora de St. Louis, Kimberly Gardner.

Arma - Sputnik Brasil
Trump diz apoiar que professores andem armados para evitar tiroteios em escolas
O registro foi feito sem consentimento, segundo os documentos de acusação.

O chefe do Poder Executivo de Missouri afirma que não irá renunciar e nega as denúncias. O advogado de Greitens diz que as acusações são "sem fundamento" e pede o encerramento do caso.

"Não houve chantagem. Não houve violência. O erro que eu fiz foi ter uma relação consensual com uma mulher que não era minha esposa", disse o governador ao canal KTVI.

A audiência de testemunhas do caso começará no dia 16 de março. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала