ONU diz que recebeu 40 acusações de abuso sexual no último trimestre de 2017

© REUTERS / StringerCapacetes azuis da ONU em missão de paz no Congo
Capacetes azuis da ONU em missão de paz no Congo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Nos últimos três meses a Organização das Nações Unidas (ONU) recebeu quarenta acusações de exploração e abuso sexuais contra missões de paz, agências, fundos, programas e outros parceiros da entidade.

Bolívares venezuelanos - Sputnik Brasil
Especialista da ONU: 'Não há crise humanitária na Venezuela'
Das 40 acusações, 17 de vieram de agências, fundos e programas da ONU, 15 foram relatadas em missões de paz e outras oito foram feitas por parceiros da organização, segundo o porta-voz da ONU Stephane Dujarric. As informações são da agência Reuters.

"Todas alegações envolvendo nosso pessoal minam nossos valores e princípios e o sacrifício daqueles que servem com orgulho e profissionalismo em alguns dos lugares mais perigosos do mundo", disse Dujarric.

De acordo com Dujarric, as acusações foram feitas por 54 vítimas —30 mulheres e 16 garotas, além de outras oito que não tiveram a idade revelada. Doze casos ocorreram no ano passado, e as datas dos demais são desconhecidas.

Dois casos foram fundamentados, três não fundamentados, e todos os demais estão sob investigação, disse o porta-voz.

 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала