Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Monsanto intima Avaaz a entregar e-mails de quem assinou petições contra a empresa

© REUTERS / Rayen LunaProtestos contra os alimentos transgênicos durante a manifestação contra a "Monsanto" no Chile. Um manifestante com um cartaz que leia "Eu não quero comer transgênicos", durante as manifestações contra a Monsanto Co - uma das maiores empresas de produção dos alimentos trasgênicos, na cidade de Santiago, 23 de maio de 2015.
Protestos contra os alimentos transgênicos durante a manifestação contra a Monsanto no Chile. Um manifestante com um cartaz que leia Eu não quero comer transgênicos, durante as manifestações contra a Monsanto Co - uma das maiores empresas de produção dos alimentos trasgênicos, na cidade de Santiago, 23 de maio de 2015. - Sputnik Brasil
Nos siga no
A Monsanto, multinacional da área de biotecnologia, foi ao tribunal de Nova York e intimou a plataforma de petições Avaaz a entregar os e-mails de todas as pessoas que já assinaram abaixo-assinados contra a empresa.

No cartaz está escrito: Monsanto. É uma das maiores empresas de produção dos alimentos trasgênicos. - Sputnik Brasil
Para especialista, Monsanto não conseguirá provar sua inocência na morte de muitas pessoas
A maioria das petições contra a Monsanto se referem as acusações da empresa fabricar agrotóxicos cancerígenos.

Segundo o jornal francês Liberation, o pedido, feito nos Estados Unidos em 26 de janeiro, diz respeito, em particular, às possíveis ações de lobby da Avaaz com as autoridades europeias entre 2015 e 2017, para evitar a renovação por quinze anos da autorização do glifosato, um dos agrotóxicos acusados de ser venenoso.

Uma petição que pedia a não renovação do acordo teve mais de dois milhões de assinaturas.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала