- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Câmara dos Deputados aprova decreto sobre intervenção no Rio

© Wilson Dias/Agência BrasilPlenário da Câmara dos Deputados durante sessão para votação da intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro
Plenário da Câmara dos Deputados durante sessão para votação da intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A maioria dos deputados federais decidiu aprovar o decreto do presidente Michel Temer que determinou uma intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro.

Ao todo, 340 parlamentares votaram a favor da polêmica medida, enquanto apenas 72 foram contra. Agora, o documento seguirá para o Senado Federal. 

Apesar das discussões no Congresso Nacional, a intervenção federal na segurança do território fluminense, solicitada pelo governador do estado, Luiz Fernando Pezão, já está em vigor desde a última sexta-feira. Cabe ao legislativo decidir se ele continuará valendo. A expectativa é a de que os senadores discutam o tema já nesta terça-feira, 20.

Militares patrulham a praia de Copacabana em operação das Forças Armadas no Rio de Janeiro - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Governo estuda pedir 'mandado coletivo de busca, apreensão e captura' no Rio de Janeiro
Na prática, a medida do Planalto, alvo de intensos debates em todo o Brasil nos últimos dias, passa para as Forças Armadas, até o final deste ano, o controle da Secretaria de Segurança, das Polícias Civil e Militar, do Corpo de Bombeiros e do sistema carcerário do Rio, deixando na mão das autoridades civis regionais a administração dos demais setores do estado. Embora os militares fiquem encarregados apenas da segurança, opositores veem a manobra como um sério risco à democracia, alegando temer uma repetição, em menor escala, das arbitrariedades e do cenário político inaugurado pelo Golpe de 1964 no país. Os defensores, no entanto, acreditam que esta é a melhor forma de combater, no momento, a violência no estado, cujo governo assumiu não ter condições de garantir a segurança dos cidadãos. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала