Tribunal de Moscou confirma condenação de informante que denunciou caso de 'doping russo'

© Sputnik / Valery MelnikovGrigori Rodchenkov.
Grigori Rodchenkov. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O tribunal da cidade de Moscou confirmou segunda-feira a decisão sobre a prisão do ex-chefe do Laboratório Antidopagem de Moscou, Grigory Rodchenkov, informante da Agência Mundial Antidopagem (WADA) acusado do tráfico ilegal de substâncias potentes.

"Para defender a decisão do tribunal distrital de Zyuzino sobre a prisão por contestação, rejeitamos o recurso do advogado", afirmou o juiz na decisão.

Bandeira da Rússia em Sochi - Sputnik Brasil
Rússia possui provas que desmentem acusações de substituir amostras de atletas russos
Rodchenkov deve cumprir dois meses de detenção, a contar a partir de sua detenção na Rússia ou extradição, conforme sentença anunciada hoje. Ele enfrenta três investigações criminais; o Comitê de Investigação Russo está averiguando acusações de abuso de poder e a obstrução da justiça, enquanto o Ministério do Interior está investigando um caso de tráfico ilegal de drogas.

Na semana passada, Grigory Rodchenkov acusou mais de 20 países de praticar doping em suas respectivas equipes esportivas.

Em 2016, Rodchenkov disse ao The New York Times que pelo menos 15 medalhistas olímpicos russos faziam parte do suposto programa de doping. Seu testemunho servindo de base para o relatório da comissão independente da WADA sobre doping no esporte russo, levando a uma série de sanções pelo Comitê Olímpico Internacional. Moscou nega as acusações.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала