Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

'A desordem é a pior das guerras', diz Temer sobre o Rio de Janeiro (VÍDEO)

© AP Photo / Ricardo BotelhoO presidente do Brasil, Michel Temer, fala no Palácio do Planalto em 18 de maio de 2017
O presidente do Brasil, Michel Temer, fala no Palácio do Planalto em 18 de maio de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Nesta sexta-feira (16), o presidente Michel Temer fez pronunciamento ao vivo pela internet e cadeia nacional de televisão e rádio para explicar decreto de intervenção militar no estado do Rio de Janeiro.

Mais cedo nesta data, Temer divulgou em coletiva de imprensa a assinatura de um decreto acionando o dispositivo constitucional de intervenção militar no estado do Rio de Janeiro. No pronunciamento Temer demonstra que irá endurecer as ações de segurança pública no país dizendo que presídios não mais serão "escritórios de bandidos" e que "a desordem é a pior das guerras".
Assista abaixo o pronunciamento completo que o presidente fez à nação nesta sexta-feira (16):

Segundo o governo, a ação fora solicitada pelo governador do estado, Luiz Fernando Pezão (PMDB), que teria dito que a intervenção deveria ser imediata e que não poderia demorar mais um dia.

Em reunião na noite de ontem com Pezão e os presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e Eunício de Oliveira, além do ministro da Defesa, Michel Temer anunciou a decisão, que após discussões foi acordada entre os presentes.

Maia diz que projeto de recuperação fiscal exigirá contrapartidas dos estados - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Com intervenção, Maia diz que Previdência não será votada na semana que vem
Com a decisão, foi apontado como interventor no estado o general do Exército, Braga Netto, que lidera o Comando Militar do Leste, sediado na capital do estado. 

Braga já participou de missões anteriores na cidade, com destaque para a liderança nas operações nas Olimpíadas de 2016, sediadas no Rio de Janeiro.

A divulgação do decreto gerou incertezas no país, que inundou as redes sociais com postagens, comentários e análises acerca da situação, especulando sobre quais seriam as consequências de tal intervenção no estado.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала