Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Embaixador sul-coreano: diálogo entre EUA e Coreia do Norte segue possível

© AFP 2021 / Ed JonesBandeira nacional da Coreia do Norte
Bandeira nacional da Coreia do Norte - Sputnik Brasil
Nos siga no
O embaixador da Coreia do Sul em Moscou, Woo Yoon-keun, afirmou nesta quinta-feira que é possível que a Coreia do Norte e os Estados Unidos tenham um diálogo direto, o que seria um sobro de esperança por dias de paz na península.

"Vários deputados nos EUA, por exemplo, pensam que um diálogo com a Coreia do Norte deve ser estabelecido agora, então vejo possibilidades de diálogo entre a Coreia do Norte e os EUA", disse Woo a repórteres.

Torcedores apoiam a seleção conjunta de hóquei no gelo formada por jogadoras norte e sul-coreanas nos Jogos Olímpicos de 2018 - Sputnik Brasil
Más notícias para Washington: mundo pode vir a ter uma Coreia unida e nuclear

Ao mesmo tempo, o embaixador sul-coreano indicou que os EUA e o Japão vêem "as mudanças da posição atual da Coreia do Norte como resultado da pressão das sanções".

Woo explicou que "nos EUA, alguns destacam que o efeito das sanções está exposto", acrescentando que "é por isso que a Coreia do Norte tenta evitar sanções e está disposta a dialogar".

Os EUA e a Coreia do Norte formalmente se encontram em estado de guerra após o conflito militar na península, que durou entre 1950 e 1953 e que terminou com a assinatura de um armistício.

Até hoje, Washington recusou propostas para assinar um tratado de paz com Pyongyang.

De acordo com o Pentágono, os EUA mantêm aproximadamente 25 mil soldados na Coreia do Sul desde o final de setembro passado.

A Coreia do Norte, por sua vez, reforça há anos seu arsenal nuclear e balístico diante da "ameaça dos EUA", apesar das drásticas sanções do Conselho de Segurança da ONU.

Sem mísseis

O embaixador sul-coreano também falou sobre a possibilidade de implantação de novos componentes no sistema de defesa antimísseis dos EUA no país, o THAAD, que já se encontram na Coreia do Sul.

Ouro (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Enigma dos 'tesouros' da Coreia do Norte é desvendado

De acordo com Woo, tal possibilidade não está no horizonte em Seul.

"Tanto quanto eu sei, não há planos para a implantação de [novos] componentes", disse o embaixador aos jornalistas.

O embaixador acrescentou que "todos os planos para a implantação do sistema de defesa antimíssil dos EUA visavam a defesa contra a Coreia do Norte, e não dizem respeito à Rússia".

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала