Investigação: An-148 caído perto de Moscou explodiu depois de chocar com solo

© REUTERS / Sergei KarpukhinDestroços do An-148 caído em 11 de fevereiro perto de Moscou
Destroços do An-148 caído em 11 de fevereiro perto de Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O avião que sofreu o acidente ontem (12), alguns minutos depois de ter decolado do aeroporto internacional moscovita de Domodedovo, no momento da queda estava intacto e a bordo não foi registrado nenhum incêndio.

A explosão ocorreu depois de o avião ter caído, comunicou a porta-voz do Comitê de Investigação da Rússia, Svetlana Petrenko.

"Foi estabelecido que no momento da queda a aeronave estava intacta, sem incêndios, a explosão ocorreu depois do acidente", declarou a porta-voz a jornalistas.

Socorristas estão atuando no local do acidente com An-148 - Sputnik Brasil
Helicópteros dos serviços de emergência partem para local do acidente com An-148
Ela acrescentou também que a investigação já iniciou com buscas no escritório das Linhas Aéreas de Saratov, onde foram retiradas amostras de combustível, arquivos com dados de comunicação e monitoramento do avião no ar e no solo e gravações digitais dos indicadores do radar com o voo do aparelho.

Mais cedo um representante do gabinete de emergência informou à Sputnik que foram encontrados mais de 200 fragmentos de corpos, as buscas continuam.

Avião An-148 caiu perto de Moscou em 11 de fevereiro, todos os passageiros (65) e tripulantes (6) morreram no acidente. A investigação considerará todas as versões de causas que possam ter provocado a tragédia. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала