Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Pavilhão estranho faz lembrar buraco negro (VÍDEO)

Nos siga no
Na sua construção, o arquiteto britânico usou um material que absorve mais de 99 % da luz e que é considerado a substância mais negra do mundo.

Na véspera dos Jogos Olímpicos de Inverno 2018 na cidade sul-coreana de Pyeongchang foi construído um pavilhão coberto por um material conhecido como Vantablack Vbx2, que absorve mais de 99 % da luz e é considerado a substância mais negra do mundo.

O Vantablack consiste em nanotubos de carbono e, para fabricá-lo, foram utilizadas grandes quantidades de papel de alumínio.

É tão escuro que os olhos humanos não conseguem distinguir o que está diante deles, sendo que o contorno se vê desfocado. Visualmente pode ser comparado com um buraco negro.

O pavilhão de Pyeongchang é uma estrutura temporária do gigante automobilístico Hyundai e foi desenhado pelo arquiteto britânico Asif Khan.

A fachada da instalação conta com centenas de lâmpadas que imitam estrelas no céu noturno. À primeira vista, as paredes do edifício parecem retas, mas na verdade são côncavas.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала