Por que este novo helicóptero russo é adequado para América Latina?

Nos siga noTelegram
O grupo Helicópteros da Rússia (integrado na corporação estatal Roctec) completou com êxito os testes do novo helicóptero polivalente Mi-171E2 com propulsor e corpo modernizados.

Helicóptero militar russo Mi-8 na ilha de Iturup - Sputnik Brasil
Por que Rússia está reforçando defesa das Ilhas Curilas no Extremo Oriente do país?
Ao desenvolver esta nova máquina, a empresa teve em conta os dados dos helicópteros fornecidos anteriormente a países com regiões montanhosas: países da América Latina, China, Paquistão e Irã.

A aeronave foi desenvolvida pela fábrica de helicópteros Mil, de Moscou, e será produzida em série na Planta de Aviação de Ulan-Ude.

Durante os testes do Mi-171E, foi possível confirmar a melhoria de todas as características básicas de voo. Foi provada a eficiência a grande altitude, o aumento de carga útil, das velocidades máximas e de cruzeiro, bem como a redução no nível de ruído das hélices.

© Foto / Helicópteros da RússiaHelicóptero russo Mi-171E2
Helicóptero russo Mi-171E2 - Sputnik Brasil
Helicóptero russo Mi-171E2

"Graças a seu rendimento melhorado, o Mi-171E2 poderia interessar aos organismos estatais que utilizam helicópteros", disse o diretor-geral da empresa Helicópteros da Rússia, Andrei Boginsky.

O especialista sublinhou que o novo helicóptero oferece amplas possibilidades de ser utilizado a grandes altitudes e com temperaturas elevadas, por isso poderá ser usado em zonas montanhosas e climas quentes.

As provas do Mi-171E2 foram levadas a cabo na Planta de Aviação de Ulan-Ude. Estas incluíram um total de 45 voos de teste, durante os quais o helicóptero voou 50 horas.

O grupo Helicópteros da Rússia é um dos líderes mundiais na indústria de helicópteros, o único desenvolvedor e fabricante destas aeronaves na Rússia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала