Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Coreia do Norte: Exercícios militares empurrarão península coreana 'para a catástrofe'

© AP Photo / Ahn Young-joonA U.S. Army M1A2 tank crosses Nam Han river on a South Korean military barge during a joint military exercise between the U.S. and South Korea in Yeoncheon near the border with North Korea, in South Korea, Thursday, May 30, 2013
A U.S. Army M1A2 tank crosses Nam Han river on a South Korean military barge during a joint military exercise between the U.S. and South Korea in Yeoncheon near the border with North Korea, in South Korea, Thursday, May 30, 2013 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Washington e Seul estão se preparando para realizar os exercícios anuais Key Resolve, que se concentra simular um plano emergencial contra a invasão da Coreia do Sul e o Foal Eagle, contendo preparativos militares para veículos marítimos e anfíbios.

Os dois exercícios são geralmente conduzidos entre fevereiro e março, mas foram excepcionalmente adiados para abril devido à realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno 2018 em Pyeongchang.

Exercícios Foal Eagle com militares de EUA e Coreia do Sul. - Sputnik Brasil
SEALs da Marinha dos EUA se juntam a exercícios da Coreia do Sul

"Se os EUA e a Coreia do Sul retomarem os exercícios militares conjuntos em grande escala, a situação na península coreana voltará a ser empurrada para a sombria fase da catástrofe. Provocadores terão que assumir todas as responsabilidades", escreveu a Korean Central News Agency (KCNA), a agência norte-coreana estatal.

"A situação prova claramente que os EUA são destruidores da paz na Península da Coreia, o principal culpado de tensões crescentes e o principal obstáculo no caminho da reunificação da Coreia. Os EUA e os guerreiros militares sul-coreanos terão que refletir sobre as consequências a serem provocadas por sua guerra nuclear".

Uma delegação de 20 líderes norte-coreanos deverá viajar para a Coreia do Sul para a cerimônia de abertura olímpica. Eles serão liderados pelo presidente da Assembleia Popular Suprema, Kim Yong-nam, o segundo oficial mais poderoso da RPDC. Os sul-coreanos celebrou a visita como um avanço nas relações entre os países.

Líder norte-coreano Kim Jong-un durante a inspeção do Exército - Sputnik Brasil
EUA e Coreia do Sul prevêem 'ações provocativas' de Pyongyang

"Com as Olimpíadas de Pyeongchang proporcionando uma oportunidade valiosa que não se pode perder, aguardamos este impulso para resolver as tensões em torno da Península da Coreia e estabelecer as bases para iniciar o diálogo entre a Coreia do Norte e os EUA", disse um funcionário anônimo da Coreia do Sul.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала