Embaixador diz que diálogo dos EUA com a Rússia a partir da força é inadmissível

© Sputnik / Sergei Pyatakov / Abrir o banco de imagensBandeiras dos EUA e da Rússia
Bandeiras dos EUA e da Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O embaixador russo em Washington, Anatoly Antonov, declarou neste sábado (3) que a nova doutrina nuclear dos EUA não sinaliza um processo de negociação saudável.

Segundo ele, não se pode negociar com a Rússia a partir de uma posição de força.

July 4, 2017. From right: Russian President Vladimir Putin meets with People's Republic of China President Xi Jinping in Moscow. - Sputnik Brasil
EUA defenderão estratégia nuclear visando ameaças de Rússia e China
Os Estados Unidos apresentaram uma nova doutrina nuclear na última sexta-feira (2). O documento dos EUA acusou a Rússia de violar os tratados de controle de armas e outras obrigações internacionais, bem como o fato de Moscou ameaçar usar um "ataque nuclear limitado" primeiro. Ao mesmo tempo, o documento enfatiza que a nova doutrina nuclear dos EUA permitirá aos diplomatas dos EUA falar a partir de uma posição de força.

"Conclui-se que graças a esta brilhante doutrina nuclear, hoje diplomatas americanos podem falar pacificamente com seus colegas a partir de uma posição de força. Claro que, como diplomata russo, eu diria que é improvável seja preciso falr conosco de uma posição de força", disse Antonov a jornalistas.

De acordo com o embaixador russo, a nova doutrina nuclear dos EUA exige um estudo detalhado, mas os primeiros comentários levantam questões e preocupações.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала