Navio norte-coreano lança sinal SOS a partir de porto russo

© Sputnik / Semyon Apasov / Abrir o banco de imagensNavio norte-coreano Man Gyong Bong no porto de Vladivostok (foto de arquivo)
Navio norte-coreano Man Gyong Bong no porto de Vladivostok (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O navio mercante Man Gyong Bong, que transporta cargas do porto russo de Vladivostok ao porto norte-coreano de Rason, lançou um sinal de SOS por falta de combustível nas águas de acesso a Vladivostok.

Cargueiro navega em direção ao porto de Victoria, em Hong Kong (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Coreia do Sul detém navio de Hong Kong que vendia petróleo a Pyongyang
A infrormação foi comunicada por Vladimir Baranov, diretor da companhia transportadora InvestStroiTrest e representante da RosKor, a afretadora norte-coreana do Man Gyong Bong.

"O navio já se encontra nestas águas há três dias, não lhe é autorizado atracar. Está sem energia elétrica já há um dia e meio. Hoje às 09h35 no horário local (21h35 em Brasília), o capitão lançou o sinal de SOS. No navio estão 30 tripulantes", esclareceu a situação Baranov na entrevista à Sputnik.

Segundo ele, o capitão do navio tinha enviado um dia antes uma comunicação de emergência via rádio, mas não obteve qualquer reação. O navio se encontra na região da baía Tikhaya de Vladivostok. Conforme as informações, ele transporta para a Coreia do Norte produtos como farinha, arroz, trigo e óleo de soja.

"Os serviços fronteiriços já foram enviados para o navio, mas neste momento não podem se aproximar por causa do gelo", adicionou Baranov.

Navio USS Pueblo no porto de Pyongyang (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Este barco espião levou Washington e Pyongyang à beira de guerra nuclear
Contudo, o representante da administração regional de fronteiras do Serviço Federal de Segurança (FSB) da Rússia disse à Sputnik que hoje não foi recebido nenhum sinal de SOS e que ninguém foi enviado para o navio. Também o responsável de serviço no centro de coordenação e resgate de Vladivostok nega que o sinal de emergência tenha sido recebido.

Antes, a companhia transportadora já tinha enviado cargas humanitárias à Coreia do Norte. A InvestStroiTrest também efetuava o transporte de passageiros entre Vladivostok e Rason. Em agosto, as viagens de balsa foram suspensas, mas em meados de outubro o transporte de mercadorias se reiniciou.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала