Por risco de fraude, Comitê Olímpico se abstém de usar novos frascos para exames de doping

© Sputnik / Valery Melnikov / Abrir o banco de imagensDoping laboratory. File photo
Doping laboratory. File photo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Comitê Olímpico Internacional (COI) deve usar a geração anterior de frascos de segurança para exames de doping nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018. O objetivo é evitar problemas com a integridade das amostras, adiantou o diretor de comunicações da organização, Mark Adams, neste sábado.

"A Agência Mundial Antidoping (WADA) é responsável pela integridade do sistema antidoping. Até onde entendi, os frascos antigos serão usadas para evitar problemas. Estamos muito confiantes nesse sistema", disse Adams em entrevista coletiva.

Mannequins dressed in the outfit designed by ZASPORT, the official clothing supplier for national athletes competing in 2018 Winter Olympics, are displayed during the uniforms presentation in Moscow, Russia January 22, 2018 - Sputnik Brasil
COI se recusa a explicar por que não convidou atletas russos 'limpos' às Olimpíadas
A decisão foi tomada após a WADA emitiu uma recomendação para que o COI utilizasse os modelos anteriores de frascos, já que nova geração poderia ser aberta manualmente enquanto a amostra é congelada. A WADA iniciou uma investigação para avaliar o potencial de quebra de integridade com os novos frascos.

Os Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 acontecerão na cidade de Pyeongchang, na Coreia do Sul,  de 9 a 25 de fevereiro. Os Jogos Paralímpicos vão de 9 a 18 de março. Devido ao alegado escândalo de doping patrocinado pelo Estado e denunciado pela WADA, a Rússia participa com alguns poucos atletas comprovadamente "limpos" e que disputarão a competição sob a bandeira neutra do COI.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала