EUA reconhecem ausência de provas sobre uso de sarin na Síria

Nos siga noTelegram
Washington se preocupa com notícias de uso de armas químicas com base em sarin na Síria, mas não possui provas, declarou o secretário de Defesa dos Estados Unidos, James Mattis.

Vista do Kremlin e Ministério das Relações Exteriores da Rússia - Sputnik Brasil
Moscou: EUA deturpam posição da Rússia sobre o uso de armas químicas na Síria
A declaração foi feita pelo ministro durante uma coletiva de imprensa no Pentágono, segundo informou a agência Associated Press. Mattis afirmou que os Estados Unidos estão "buscando provas" de uso de sarin pelo governo sírio.

Além disso, o ministro destacou que, segundo os dados da inteligência norte-americana, as tropas de Damasco teriam utilizado armas químicas com cloro durante combates contra as forças da oposição no país.

A Rússia, durante as reuniões do Conselho de Segurança da ONU, defendeu reiteradamente a criação de um organismo internacional para investigação do uso de armas químicas na Síria.

Essas iniciativas foram vetadas pelos EUA.

As autoridades sírias, por outro lado, declaram nunca terem recorrido às armas químicas durante a guerra civil que assola o país árabe desde 2011.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала