Na Finlândia, greve geral promete parar o país

© AP Photo / Vesa Moilanen/Lehtikuva via APFarmers on their phones as they participate in a demonstration in Helsinki, Finland, Friday, March 11, 2016
Farmers on their phones as they participate in a demonstration in Helsinki, Finland, Friday, March 11, 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Uma greve geral de 15 horas na sexta-feira (2) sobre as sanções estaduais para candidatos a emprego relutantes pretende parar a capital Helsinque e várias outras cidades da Finlândia.

A greve, que ocorrerá entre 3h e 18h, afetará diversas esferas econômicas, as linhas de transporte mais importantes, e envolverá até 10 mil trabalhadoras e trabalhadores.

Finnish President Sauli Niinisto speaks at the opening of the 24th Annual Session of the OSCE Parliamentary Assembly in Helsinki, Finland - Sputnik Brasil
Presidente da Finlândia é reeleito com 62,7% dos votos
A autoridade de transporte regional da Helsinque, HSL, disse que o metrô, o bonde e a maior parte do tráfego de ônibus serão suspensos, mas trens, incluindo os suburbanos, deverão circular normalmente.

A organização central dos sindicatos finlandeses (SAK), uma confederação que representa 1 milhão de pessoas de todos os setores, disse que o novo esquema de incentivo ao emprego era "irracional".

O plano de emprego que surgiu este ano reduz os benefícios de desemprego para aqueles que não conseguem encontrar trabalho durante um período de três meses. A SAK argumentou que o trabalho não está igualmente disponível em todo o país.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала