França fechará todas as plantas de carvão até 2021

Nos siga noTelegram
Durante um discurso do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, que abrange uma ampla gama de assuntos da diplomacia para o meio ambiente, o presidente francês, Emmanuel Macron prometeu que seu país fecharia todas as fontes de energia queima de carvão até o ano de 2021.

US Präsident Donald Trump und sein Kollege aus Frankreich Emmanuel Macron bei der Konferenz in Paris - Sputnik Brasil
Dois anos do Acordo de Paris: Macron busca protagonismo ambiental e Trump fica isolado
Macron anunciou que Paris provavelmente substituirá as plantas de carvão da nação europeia por fontes renováveis ​​ou reatores nucleares, de acordo com o jornal The Independent.

Anteriormente, o ex-presidente francês François Hollande já tinha prometido fechar as plantas em 2023. A julgar pela declaração de Macron, o prazo foi adiantado. Macron prometeu "tornar a França um modelo na luta contra as mudanças climáticas". Ele acrescentou que a mudança será "uma grande vantagem em termos de atratividade e competitividade".

"O talento virá para onde é bom viver", afirmou Macron, acrescentando: "Nós podemos criar muitos empregos com essa estratégia".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала