Somente sob essa condição EUA aderirão novamente ao Acordo de Paris

© AFP 2022 / JIM WATSONPresidente norte-americano, Donald Trump, durante a coletiva de imprensa
Presidente norte-americano, Donald Trump, durante a coletiva de imprensa - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump afirmou em uma entrevista que seu país poderia aderir novamente ao Acordo do Clima de Paris.

Trump voltou a demostrar seu cepticismo quanto ao aquecimento global. "As camadas de gelo [nos polos] iriam derreter, mas estão em níveis recorde", assegurou o mandatório em entrevista ao canal britânico ITV sem argumentar sua ideia.

Quando questionado sobre a decisão de sair do Acordo do Clima de Paris, Donalld Trump afirmou que era um "desastre" para os interesses da sua nação. No entanto, ainda é possível que EUA vão aderir de novo ao acordo, para alcançar "bons negócios" para os Estados Unidos.

Um ano de Trump: promessas cumpridas e não - Sputnik Brasil
1 ano de Trump: promessas cumpridas e outras não
Ao mesmo tempo, Trump diz que outra razão pela qual poderia aderir novamente ao acordo climático é sua pessoal empatia em relação ao presidente francês Emmanuel Macron.

As criticas de Trump em meio às teorias de alterações climáticas continuam desde sua companha eleitoral. Em entrevistas anteriores, o mandatório estadunidense expressou seu desejo de sentir "um pouco esse aquecimento global", referindo-se às baixas temperaturas que afetaram grande parte da costa ocidental dos EUA no fim do ano passado.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала