Especialista revela peculiaridades e segredos do melhor míssil russo

© Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia / Abrir o banco de imagensMíssil Kh-101 lançado pelo avião Tupolev Tu-95MS
Míssil Kh-101 lançado pelo avião Tupolev Tu-95MS - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Esse míssil de cruzeiro é considerado "o melhor em sua classe" e não tem análogo no mundo em termos de alcance, velocidade e precisão.

TOS-1 Solntsepiok - Sputnik Brasil
Especialista revela por que enfrentar essa arma russa ao vivo será um 'inferno' real
O míssil de cruzeiro russo Kh-101 é "o melhor em sua classe", declarou Boris Obnosov, diretor geral da empresa russa Corporação de Mísseis Táticos (KTRV, sigla em russo), em entrevista com o jornal militar russo Voenno-Promyshlenny Kurier (Correio Industrial-Militar).

Segundo indica o especialista militar, o projétil "tem suas peculiaridades e segredos". Obnosov detalhou que o Kh-101 é equipado com um sistema de orientação inercial muito complicado, algo que permite calcular a localização do alvo mesmo sem vê-lo no mapa.

"O projétil é capaz de multiplicar a velocidade pelo tempo e, deste modo, calcular a distância percorrida. Ao mesmo tempo, pode identificar a direção do voo", explicou.

Soldados sírios preparam mísseis - Sputnik Brasil
'Franco-atiradores' de tanques sírios: assim é o míssil de alta precisão Refleks (FOTO)
Ademais, destacou que para atingir maior precisão do míssil são necessárias certas ferramentas adicionais, como mapas ou sensores Doppler, algo que pode complicar a situação em alguns casos. Não obstante, o Kh-101 é capaz de atacar alvos sem usar mapas e também sem sistemas GPS e Glonass.

"O Kh-101 é o melhor de todos os mísseis de cruzeiro que existem. Não tem análogo no mundo em termos de alcance, velocidade e precisão", afirmou Obnosov

Entretanto, o alto oficial da KTRV sublinhou que durante um ataque, o míssil considera o relevo topográfico e pode localizar sozinho o alvo.

O míssil de cruzeiro Kh-101 é o mais moderno e mais mortal da Aviação Estratégica da Força Aeroespacial da Rússia. Com o tempo, estes mísseis substituíram os mísseis Kh-555 e se converteram nas principais armas dos Tu-160M/M2 e Tu-95MS/MSM. A maior parte da informação sobre estes mísseis é secreta.

Tanque T-14 Armata na Praça Vermelha (imagem ilustrativa) - Sputnik Brasil
Conheça o calcanhar de Aquiles do tanque russo Armata
Sabe-se que o Kh-101 tem um sistema de guiamento combinado que emprega sistema de navegação inercial, tecnologias de redução de visibilidade do radar e outras novidades.

De acordo com os cálculos de vários especialistas ocidentais, o alcance desta arma chega a 5 mil quilômetros. Os construtores russos equiparam o míssil com tecnologias que o tornam pouco visível, por isso, é quase impossível interceptá-lo. Estes projéteis, junto com os Kh-555, foram usados pela Força Aeroespacial da Rússia na Síria.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала