Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

EUA pedem que Turquia tenha moderação e cuidado com civis sírios em Afrin

© Sputnik / Hikmet DurgunRefugiados com crinaças no distrito de Afrin, Curdistão sírio, 11 de fevereiro de 2016
Refugiados com crinaças no distrito de Afrin, Curdistão sírio, 11 de fevereiro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Os Estados Unidos pediram que a Turquia exerça moderação ao realizar a operação militar no norte da Síria, a fim de evitar as vítimas entre a população civil, disse a porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Heather Nauert, neste domingo.

"Os Estados Unidos estão muito preocupados com a situação no noroeste da Síria, especialmente a situação de civis inocentes que agora enfrentam uma escalada na luta", disse Nauert em comunicado divulgado pelo Departamento de Estado.

Os Estados Unidos reconhecem o direito da Turquia de realizar atividades legais para garantir sua segurança. No entanto, Washington exigiu que exista atenção durante a operação e para que ela se concentre na luta contra o grupo terrorista Daesh, acrescentou a porta-voz.

O presidente sírio Bashar Assad durante um discurso em frente dos diplomatas, em 20 de agosto de 2017 - Sputnik Brasil
Assad: 'Operação turca em Afrin é parte da estratégia para apoiar os terroristas'

"Continuamos a apoiar as preocupações de segurança legítimas da Turquia como um aliado da OTAN e um parceiro crítico no esforço para derrotar o [Daesh]. No entanto, instamos a Turquia a exercer moderação e garantir que suas operações militares permaneçam limitadas em alcance e duração e escrupulosas para evitar vítimas civis", pontuou a diplomata.

"Pedimos a todas as partes que permaneçam focadas no objetivo central de derrotar o [Daesh]. Agora é o momento para as grandes nações trabalharem juntas para garantir uma estabilidade pacífica para o povo da Síria", concluiu Nauert.

De acordo com a porta-voz, o secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, expressou essa posição durante as recentes conversações com o ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o ministro de Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала