Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Grã-Bretanha pede união de todos os países contra o programa nuclear da Coreia do Norte

© AFP 2021 / JUNG Yeon-JeHomem vê a notícia mostrando imagens de arquivo do lançamento de mísseis da Coreia do Norte em uma estação ferroviária em Seul, em 12 de fevereiro de 2017. Nesse dia, a Coreia do Norte disparou um míssil balístico, em aparente provocação para testar a resposta do novo presidente Donald Trump, disse o Ministério da Defesa sul-coreano
Homem vê a notícia mostrando imagens de arquivo do lançamento de mísseis da Coreia do Norte em uma estação ferroviária em Seul, em 12 de fevereiro de 2017. Nesse dia, a Coreia do Norte disparou um míssil balístico, em aparente provocação para testar a resposta do novo presidente Donald Trump, disse o Ministério da Defesa sul-coreano - Sputnik Brasil
Nos siga no
O ministro das Relações Exteriores britânico, Boris Johnson, pediu união da comunidade internacional contra o programa nuclear da Coreia do Norte.

"O programa ilegal norte-coreano para construir armas nucleares é uma ameaça para a estabilidade regional e internacional, a comunidade internacional deve estar unida em sua abordagem", disse Johnson, citado pelo jornal Evening Standard.

Ministério da Defesa da Rússia informa que navios da Frota do Pacífico russa chegaram à China para participar nos exercícios navais Interação Naval 2016 - Sputnik Brasil
Rússia e China coordenarão esforços para mitigar a crise na península da Coreia
Ele acrescentou que as sanções contra a Coreia do Norte já estão "mordendo", mas destacou que é preciso manter a pressão diplomática.

De acordo com a publicação, as declarações de Johnson foram feitas na véspera da cúpula no Canadá, durante a qual será discutida a situação em torno da península coreana.

A situção em torno da Coreia do Norte se agravou bruscamente em 2017 após Pyongyang realizar uma série lançamentos de mísseis, assim como testes nucleares. 

Em dezembro de 2017, o Conselho de Segurança da ONU adotou novas sanções contra a Coreia do Norte, através da resolução 2379, preparada pelos EUA. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала