Satélite perdido dos EUA poderia ser um cosmoplano da CIA

© flickr.com / SpaceX PhotosLançamento do Falcon 9 (foto de arquivo)
Lançamento do Falcon 9 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Zuma, um aparelho espacial dos EUA perdido após o lançamento, podia ser um cosmoplano experimental norte-americano desenvolvido para a Agência Central de Inteligência (CIA), informa a edição Space News citando fontes.

Em 8 de janeiro, um foguete Falcon 9, transportando um satélite secreto do governo dos EUA, foi lançado de Cabo Canaveral. Contudo, o aparelho Zuma não conseguiu se separar do segundo estágio e se perdeu. O satélite, cuja finalidade era confidencial, foi criado pela empresa Northrop Grumman Corp. para o governo estadunidense.

"Em minha opinião, se tratou de um aparelho mais experimental do que funcional. Caso fosse funcional, ele teria sido lançado pela ULA [United Launch Alliance, união das empresas Boeing e Lockheed Martin responsável pelo lançamento para a órbita dos aparelhos espaciais da NASA, Pentágono e outras entidades públicas]", assinalou a fonte.

Lançamento do foguete Falcon 9 a partir do cabo do Cabo Carnaveral - Sputnik Brasil
Especialista: lançamento de satélite secreto dos EUA está envolto em mistério
De acordo com a edição, o Zuma representaria um avião espacial ou algum outro veículo aéreo.

O programa teria sido elaborado não pelo Departamento de Defesa, mas pela CIA, que de vez em quando colabora com o Escritório Nacional de Reconhecimento (NRO). Esta versão pode explicar por que o Pentágono se mantém em silêncio, assinala a edição.

Anteriormente, o Pentágono recusou comentar o incidente devido ao caráter secreto da missão. O produtor do foguete portador, a empresa SpaceX, afirmou o Falcon 9 estava funcionando normalmente. A empresa continua investigando o incidente.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала