Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Ucrânia não terá acesso aos poderosos mísseis antitanque TOW, informam os EUA

Nos siga no
Os Estados Unidos não têm planos de vender ou transferir mísseis antitanque TOW para a Ucrânia, disse à Sputnik o porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA, Johnny Michael, nesta quarta-feira.

Na terça-feira, a mídia local informou, citando o Estado-Maior das Forças Armadas da Ucrânia, que o Exército ucraniano espera receber mísseis antitanque TOW dos Estados Unidos este ano.

"Não há planos para vendas militares estrangeiras ou transferências de [mísseis] TOW para a Ucrânia", disse Michael.

No final de dezembro, a porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Heather Nauert, disse que os Estados Unidos planejaram prestar assistência militar à Ucrânia para que o país possa proteger sua integridade territorial, de forma puramente defensiva e sem violar os Acordos de Paz de Minsk.

Regimento S-400 começa a operar na Crimeia - Sputnik Brasil
Tudo para 'evitar imprevistos': Rússia posiciona complexos S-400 na fronteira com Ucrânia

A mídia dos EUA citou funcionários para afirmar que os Estados Unidos planejavam vender armas letais para a Ucrânia, incluindo mísseis antitanque Javelin.

A Rússia advertiu repetidamente contra o fornecimento de armas letais à Ucrânia, dizendo que tais ações agravariam o conflito na região oriental de Donbass. A posição da Rússia também foi apoiada por várias autoridades europeias.

O TOW, que representa o míssil lançado por tubo, o rastreamento óptico e o míssil guiado por fio, é usado para derrotar armaduras e fortificações em longas distâncias, de acordo com o fabricante Raytheon.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала