Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Colômbia: ELN ameaça deixar negociações de paz caso governo não dê resposta imediata

© REUTERS / Federico RiosLos rebeldes del Ejército de Liberación Nacional (ELN) sostienen un estandarte en las selvas del noroeste de Colombia
Los rebeldes del Ejército de Liberación Nacional (ELN) sostienen un estandarte en las selvas del noroeste de Colombia - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Exército de Libertação Nacional (ELN) da Colômbia assegurou que cumpriu com o cessar-fogo pactuado com o governo colombiano e pediu para que as negociações de paz continuem.

A declaração vem logo após declarações do governo nesta quarta-feira (10) acusando o grupo rebelde de não ter cumprido com o acordo e que por esta razão as negociações seriam suspensas.

"Os incidentes de hoje no leste colombiano ocorreram em meio a uma complexa situação de conflito que o país sofre, mas, apesar deles, não se deve alterar o curso das conversas para que se alcance uma saída política do conflito", afirmou o ELN em uma declaração publicada em sua página na internet.

Presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos - Sputnik Brasil
Colômbia se retira de negociações de paz com grupo rebelde ELN
O representante da guerrilha nas negociações, Pablo Beltrán, também afirmou nesta quarta-feira (10) que se o governo de Juan Manuel Santos não responder prontamente a questão para solucionar a crise, o ELN irá se retirar das negociações de paz.

"Esperamos uma resposta imediata do governo para solucionar a crise, se não houver uma resposta imediata, a delegação do ELN deixará [as negociações]", afirmou o ELN por meio de sua conta no Twitter.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала