Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Coreias decidem reiniciar negociações militares para diminuir tensões na fronteira

© AFP 2021 / Dong-A IlboSouth Korea's Unification Minister Cho Myung-Gyun (L) shakes hands with North Korean chief delegate Ri Son-Gwon during their last meeting at the border truce village of Panmunjom in the Demilitarized Zone (DMZ) dividing the two Koreas
South Korea's Unification Minister Cho Myung-Gyun (L) shakes hands with North Korean chief delegate Ri Son-Gwon during their last meeting at the border truce village of Panmunjom in the Demilitarized Zone (DMZ) dividing the two Koreas - Sputnik Brasil
Nos siga no
Seul e Pyongyang consentiram em reiniciar negociações a alto nível em várias esferas para melhorar relações bilaterais, informa a agência Yonhap.

Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte durante as manobras militares - Sputnik Brasil
Pyongyang aceita restabelecer linha de comunicação militar de emergência com Seul
Nesta terça-feira (9), representantes das Coreias se encontraram pela primeira vez em dois anos na zona desmilitarizada para realizar negociações bilaterais dedicadas à resolução da crise na península coreana.

Segundo comunicado conjunto realizado depois das negociações, as Coreias decidiram reiniciar negociações na área militar para melhorar a situação na península.

"O Sul e o Norte partilham opinião sobre a necessidade de diminuir a atual tensão militar e para resolver este problema decidimos restabelecer negociações militares", diz-se no comunicado, publicado pela mídia sul-coreana.

Além disso, representantes das duas Coreias chegaram ao acordo quanto à participação de atletas norte-coreanos nos Jogos Olímpicos de Inverno, que decorrerão no próximo mês na cidade sul-coreana de Pyeongchang, comunicou o canal YTN.

De acordo com a Yonhap, as partes decidiram intensificar contatos, trocas e cooperação em várias esferas que foram congeladas devido ao confronto ao redor do programa nuclear e de mísseis de Pyongyang. Os dois países também expressaram a vontade de resolver seus problemas de forma independente e através de negociações e diálogo, segundo o comunicado.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала