Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Mídia: ex-presidente iraniano é preso por incitar desordem

© AFP 2021 / ALI AL-SAADIEx-presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad
Ex-presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad - Sputnik Brasil
Nos siga no
O ex-presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, foi detido durante sua viagem à cidade iraniana de Shiraz por acusações de incitar a desordem no Irã no contexto dos protestos no país, informou o jornal Al-Quds Al-Arabi de Londres, citando suas próprias fontes em Teerã.

"As autoridades deram a ordem de deter o ex-presidente do Irã, Mahmud Ahmadinejad, durante sua visita à cidade de Shiraz, a detenção foi realizada com a aprovação do líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei", informou o comunicado.

Segundo os dados do jornal, as autoridades iranianas tomaram essa decisão por causa das recentes declarações de Ahmadinejad na cidade de Bushehr, no sul do Irã, que foram qualificadas como "incitação à desordem".

Vista de Teerã - Sputnik Brasil
Irã proíbe o inglês em escolas primárias alegando 'invasão cultural'
Em 4 de janeiro, o ex-presidente iraniano, falando com os moradores de Bushehr, criticou o atual presidente, Hassan Rouhani, e seu governo acusando-os de "má gestão" e afastamento dos problemas do povo iraniano, bem como de estabelecimento de um "monopólio de riqueza pública".

As maciças manifestações que começaram no Irã em 28 de dezembro de 2017, que estão tomando as ruas de grandes cidades iranianas entre elas Teerã, Mashhad, Isfahan e Rasht, resultaram em ao menos 20 vítimas mortais.

O comandante do Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica, major-general Mohammad Ali Jafari, declarou em 3 de janeiro que as manifestações de 2017 foram fracassadas.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала