Rouhani: os iranianos têm o direito de protestar, mas devem evitar a violência

© REUTERS / President.ir/HandoutIran's President Hassan Rouhani gestures as he registers to run for a second four-year term in the May election, in Tehran, Iran, April 14, 2017.
Iran's President Hassan Rouhani gestures as he registers to run for a second four-year term in the May election, in Tehran, Iran, April 14, 2017. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente do Irã, Hassan Rouhani, disse neste domingo que os iranianos têm o direito de protestar e de criticar o governo, mas qua as suas ações não devem gerar a violência ou prejudicar a propriedade pública, informou Reuters.

طالبة جامعية في مظاهرة داخل جامعة طهران وقت إلقاء قنبلة دخان من قبل الشرطة الإيرانية لمكافحة الشغب - Sputnik Brasil
Irã: terceiro dia de protestos antigoverno (VÍDEO)
Em sua primeira reação pública, após quatro dias de manifestações antigoverno, Rouhani foi citado pela agência de notícias Mehr. Em uma reunião com o gabinete de ministros Rouhani afirmou contar com o bom senso dos manifestantes. 

"Os iranianos entendem a situação sensível do Irã e da região e atuarão com base em seus interesses nacionais", disse o presidente iraniano.

Rouhani rejeitou os comentários do presidente dos EUA Donald Trump em apoio aos protestos e disse que "aqueles que chamaram os iranianos de terroristas não fazem negócios simpatizando com a nossa nação".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала