Revolta da natureza: meteorologista prevê um 2018 com mais perigos climáticos

Nos siga noTelegram
"A intensidade de eventos meteorológicos perigosos aumentará" em 2018, de acordo com prognósticos de Alexei Kokorin, chefe do programa de Clima e Energia do Fundo Mundial para a Natureza (WWF, na sigla em inglês).

Em entrevista à Sputnik, o especialista explicou que trata-se de um "processo lógico", para o qual "devemos estar preparados".

"Aumenta a intensidade do fenômeno anômalo: é um fato e continuará assim", sublinhou o meteorologista russo.

Quanto ao possível aumento quantitativo de tais fenômenos, ele afirmou que isso "dependerá do método de cálculo".

Cápsula da Orion(NASA) no topo dos elevadores espaciais Delta IV - Sputnik Brasil
Comercialização do espaço ou menosprezo do clima? Que esperar do potencial chefe da NASA?

Kokorin explicou ainda que a intensificação desses fenômenos não terminará em catástrofe, mas poderia causar mais danos materiais, para o qual ele alertou que devemos estar preparados para tais consequências.

O meteorologista também falou sobre o clima, e as perspectivas são de mais instabilidade no próximo ano.

"O tempo novamente será instável: talvez haja um calor anômalo por duas ou três semanas, ou um frio igualmente incomum durante o mesmo período de tempo", previu.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала