Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Após EUA e Guatemala, Israel diz que 10 países podem levar embaixadas para Jerusalém

© AP Photo / Sebastian Scheiner / Abrir o banco de imagensMonte do Templo, na Cidade Velha de Jerusalém
Monte do Templo, na Cidade Velha de Jerusalém - Sputnik Brasil
Nos siga no
Israel está em negociações com mais de dez Estados para o reconhecimento de Jerusalém como a capital israelense e a transferência das embaixadas de Tel Aviv para Jerusalém, disse o vice-ministro do exterior do país, Tzipi Hotovely.

"Existem países em todos os continentes, posso dizer que são cerca de dez Estados e nosso Ministério de Relações Exteriores desenvolve um trabalho sério com cada um deles", disse Hotovely em um programa da rádio Kan.

Cidade Velha de Jerusalém - Sputnik Brasil
Ambições e tráfico de drogas: por que Guatemala irá transferir embaixada para Jerusalém?

O vice-chanceler disse que alguns desses países são europeus, mas não deu mais detalhes.

Ao mesmo tempo, lembrou que o presidente do Congresso dos Deputados da Romênia, Liviu Dragnea, exortou as autoridades do país a analisar bem a transferência da embaixada de seu país para Jerusalém.

Em entrevista ao jornal israelense Haaretz, Hotovely disse que, em primeiro lugar, as negociações estão focadas no reconhecimento de Jerusalém como a capital de Israel.

Segundo a publicação, "diplomatas israelenses estimam que Honduras é provavelmente um dos países que tomará a mesma decisão", como os EUA e a Guatemala.

Em 6 de dezembro, a administração dos EUA anunciou sua decisão de reconhecer oficialmente Jerusalém como a capital de Israel e mudar sua embaixada, tradicionalmente localizada em Tel Aviv, para a cidade sagrada.

A decisão dos EUA desencadeou vários protestos de palestinos que disputam esse território e provocaram críticas severas da comunidade internacional.

No parlamento do Irã, o ministro da Inteligência, Mahmoud Alavi (no centro), responde a perguntas dos deputados, em 25 de outubro de 2016 - Sputnik Brasil
Deputados do Irã aprovam projeto para reconhecer Jerusalém como capital palestina

Na semana passada, após uma votação, a Assembleia Geral da ONU proclamou nula e sem efeito a decisão dos EUA de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel. A resolução sobre o estatuto de Jerusalém foi aprovada com 128 votos a favor, 9 contra e 35 abstenções.

No entanto, no domingo passado, o presidente da Guatemala, Jimmy Morales, anunciou sua intenção de mudar a embaixada guatemalteca para Jerusalém, indicando que Israel é um "aliado da Guatemala e deve ser apoiado".

A Guatemala estava entre os 9 países que votaram contra a resolução.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала