Coreia do Norte: novas sanções da ONU são uma declaração de guerra

© Sputnik / Ilia Pitalyev / Abrir o banco de imagensKim Jong-un, líder da Coreia do Norte, na cerimônia de inauguração do Museu da Vitória na Guerra da Coreia, Pyongyang
Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte, na cerimônia de inauguração do Museu da Vitória na Guerra da Coreia, Pyongyang - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A última rodada de sanções das Nações Unidas contra a Coreia do Norte é um ato de guerra e representa um bloqueio econômico completo ao país, afirmou o Ministério das Relações Exteriores norte-coreano neste domingo, 24.

Chefe do Pentágono, James Mattis - Sputnik Brasil
Tropas estão prontas diante das 'nuvens de tempestade' que atingem as Coreias, diz Mattis
"Os Estados Unidos, completamente aterrorizados com a realização da grande causa histórica de completar a força nuclear do estado, estão cada vez mais frenéticos com os movimentos para impor as mais duras sanções e pressões contra o nosso país", disse a chancelaria, citada pela agência KCNA.

A Coreia do Norte destacou que continuará consolidando sua dissuasão nuclear autodefensiva, destinada a erradicar fundamentalmente as ameaças nucleares dos EUA, sua chantagem e movimentos hostis, estabelecendo um equilíbrio de forças prático. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала