Reino Unido quer aumentar cooperação bilateral com a Rússia, segundo chanceler britânico

© REUTERS / Andrew Matthews/PoolMinistro das Relações Exteriores da Grã-Bretanha, Boris Johnson
Ministro das Relações Exteriores da Grã-Bretanha, Boris Johnson - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Londres quer fortalecer as relações em questões como a Síria, o Irã e a Coreia do Norte, afirmou nesta sexta-feira (22) o chanceler do Reino Unido, Boris Johnson.

"Áreas de nossa relação bilateral são promissoras e encorajadoras, e são onde quero ver maior progresso", apontou Johnson em uma entrevista coletiva ao lado do ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov.

O secretário de Relações Exteriores do Reino Unido disse que Londres e Moscou poderiam cooperar em questões internacionais como a questão nuclear da Coreia do Norte, a crise síria e a continuação do Irã no Plano Conjunto de Ação (JCPOA, na sigla em inglês).

"Eu acho que podemos encontrar possibilidades de cooperação em questões onde temos um interesse mútuo, como no caso do Irã… Assim como impedir o desenvolvimento de armas nucleares pela Coreia do Norte. E, claro, a necessidade de progredir em relação ao futuro das pessoas da Síria", sublinhou Johnson.

Além disso, o secretário do Exterior observou que havia sinais de aumento no comércio bilateral entre os dois países, apesar das dificuldades nas relações entre eles.

Homeless person in the UK - Sputnik Brasil
Números de sem-teto sobem no Reino Unido e queda da temperatura pode matar milhares
"Eu sei que, apesar das dificuldades entre nós… há sinais de progresso econômico, e há crescimento das exportações", disse Johnson.

As relações entre o Reino Unido e a Rússia se deterioraram ao longo dos últimos anos, devido aos acontecimentos da crise em curso no leste da Ucrânia e a reunificação da Crimeia com a Rússia em 2014.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала