Congresso do Peru derruba processo de impeachment contra Kuczynski

© REUTERS / Mariana BazoPedro Pablo Kuczynski, presidente de Perú
Pedro Pablo Kuczynski, presidente de Perú - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Congresso da República do Peru decidiu não acatar o processo de impeachment contra o presidente Pedro Pablo Kuczynski, acusado de incapacidade moral permanente por supostos vínculos ilegais com a empreiteira brasileira Odebrecht.

Em sessão que durou mais de 14 horas, 78 parlamentares votaram a favor da moção, baseada em revelações feitas pela empresa brasileira sobre supostas propinas pagas a companhias ligadas ao presidente peruano. Embora apenas 19 tenham votado contra, o processo não foi adiante porque precisava de, no mínimo, 87 votos. O número de abstenções foi de 21.

Mais cedo, Kuczynksi afirmou que a história do Peru teve muitos episódios históricos arbitrários, que se tornaram um fardo não sobre os ombros da vítima, mas, sim, dos autores. "Uma lembrança inesquecível do abuso de poder", disse ele, que garante ser inocente.

"Peruanos. Amanhã começa um novo capítulo em nossa história: reconciliação e reconstrução do nosso país. Uma força única, um único Peru", declarou o presidente após vitória no Congresso. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала