Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Papai Noel sob balas: lojista fala sobre Natal no Rio de Janeiro

© Foto / Tomaz Silva/Agência BrasilExército faz operação na favela Nova Holanda, no Complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro.
Exército faz operação na favela Nova Holanda, no Complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro. - Sputnik Brasil
Nos siga no
A crise na segurança pública, o desalento da economia e o alto índice de desemprego estão afetando o comércio no Rio de Janeiro e a situação não deve ser muito diferente no Natal, avalia presidente do Clube de Dirigentes Lojistas e do Sindicato dos Lojistas Aldo Carlos de Moura Gonçalves em entrevista à Sputnik Brasil.

Gonçalves diz que 2017 foi um dos piores anos para o comércio da cidade e nenhuma das datas festivas do período compensou a baixa.

Projeto propõe doação de armas apreendidas em operações para órgãos de segurança do país - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Brasil: em 15 anos, homicídios mataram mais do que guerras na Síria e Iraque, diz jornal
A expectativa, entretanto, é que o Natal seja um ponto de virada: a previsão é de que as vendas sejam 3% maiores do que o Natal de 2016 e que o gasto médio seja de R$ 170.

"Nossa expectativa de vendas resulta de uma pesquisa feita em novembro com os comerciantes da cidade quando a economia nacional passou a dar sinais de recuperação. Mas ainda são sinais bastante tênues. O Rio de Janeiro vive uma situação bastante complicada com os problemas de segurança pública com assaltos a pedestres e a estabelecimentos comerciais.", afirma Gonçalves.

O presidente do Clube de Dirigentes Lojistas diz que 9 mil lojas estão fechadas na cidade "por dificuldades econômicas dos seus proprietários" e que o desemprego e o atraso de salários dos servidores públicos dificultam o comércio no Rio de Janeiro. 

A questão da violência também causa preocupação:

"A violência recrudesceu no Rio de Janeiro nos últimos tempos. Além dos assaltos que já citamos, temos também e cada vez em maior número os roubos de cargas, a distribuição e a venda criminosa das mercadorias roubadas, e em inúmeras ocasiões as mercadorias roubadas são vendidas diante dos estabelecimentos comerciais legalmente constituídos", diz Gonçalves. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала