Pentágono não vê ameaça nos mísseis de Pyongyang

© AP Photo / KCNAMíssil balístico intercontinental norte-coreano Hwasong-15
Míssil balístico intercontinental norte-coreano Hwasong-15 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Secretário da Defesa dos EUA, James Mattis, declarou que, por enquanto, os mísseis balísticos intercontinentais norte-coreanos não representam ameaça para o território dos Estados Unidos.

"Por ora, não representam uma ameaça significativa para nós. Estamos analisando o assunto", disse o chefe do Pentágono a jornalistas.

Nos últimos anos a Coreia do Norte avançou muito na elaboração e desenvolvimento do seu programa nuclear. As sanções da ONU, que visam parar os testes nucleares de Pyongyang, não têm surtido efeito.

Em 3 de setembro, as autoridades da Coreia do Norte informaram ter realizado um teste bem-sucedido de uma bomba de hidrogênio que pode ser instalada em um míssil balístico intercontinental - Sputnik Brasil
Coreia do Norte quer virar a mais poderosa potência nuclear
O último teste norte-coreano, de um míssil Hwasong-15, foi realizado em 28 de novembro. Após o lançamento, Pyongyang declarou que este míssil pode atingir qualquer ponto do território estadunidense.

A Rússia e a China apresentaram um plano de congelamento duplo: Pyongyang suspende o seu programa nuclear e de lançamentos de mísseis e Washington, por sua vez, deixa de realizar manobras conjuntas com Seul, permitindo desta forma estabilizar a situação na região. No entanto, os EUA ignoraram esta iniciativa.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала