Embaixador russo na ONU sobre Coreia do Norte: diplomacia não pode se resumir às sanções

© Sputnik / Grigoriy Sisoev / Abrir o banco de imagensVasily Nebenzya
Vasily Nebenzya - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O representante permanente da Rússia na ONU, Vasily Nebenzya, declarou que as sanções internacionais contra a Coreia do Norte não devem ser um objetivo em si, mas um instrumento para a incentivar o país a participar de negociações construtivas.

UN secretary general Antonio Guterres - Sputnik Brasil
ONU: é hora de restabelecer comunicação para reduzir tensões com Coreia do Norte
"No que diz respeito às sanções internacionais contra a Coreia do Norte, gostaríamos de reiterar o nosso compromisso com o seu cumprimento. Apesar disso — e nós chamamos a atenção para isso mais de uma vez — essas medidas não podem constituir um fim em si mesmo, mas devem ser uma ferramenta para incentivar esse país a participar de negociações construtivas sobre os temas em aberto", declarou o diplomata, destacando que a "diplomacia não se resume às sanções".

Segundo o representante russo, "o arsenal diplomático conta com todo um conjunto de outros métodos".

"Solucionar o problema nuclear da península da Coreia somente com sanções e pressão sobre Pyongyang é uma tarefa impossível", declarou Nebenzya. 

Ele também destacou que a "Coreia do Norte dificilmente abandonará os seus programas de mísseis e nuclear, enquanto se sentir ameaçada".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала