Realidade da Coreia do Norte: Internet, lojas privadas e celulares

© Sputnik / Ilia PitalevPyongyang, capital norte-coreana
Pyongyang, capital norte-coreana - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O chefe da delegação oficial da Duma de Estado (câmara baixa do parlamento russo), que visitou recentemente a Coreia do Norte, Kazbek Taisaev, revelou que no país existem lojas privadas onde "se pode comprar de tudo", telefones celulares e Internet.

"Funcionam restaurantes, cafeterias, lojas privadas, nas quais se pode comprar de tudo. Qualquer mercadoria está disponível", disse o político, membro do Partido Comunista russo em uma entrevista publicada no portal do seu bloco político.

Potonggang, um supermercado em Pyongyang, administrado pelo Estado - Sputnik Brasil
Economia do mercado chegaria à Coreia do Norte? (FOTOS)
Segundo Taisaev, os norte-coreanos têm telefones móveis e Internet "interna" e produzem seus próprios celulares e computadores.

"Foi aberta uma pequena 'fenda', que permitiu pequenos comércios privados, onde as pessoas podem comprar tudo o que quiserem", afirmou o deputado russo.

Taisaev revelou também que o país está atravessando um verdadeiro "boom" na esfera da educação e que em muitos centros superiores funcionam computadores produzidos em fábricas nacionais.

A delegação russa visitou Pyongyang entre os dias 27 de novembro e 1 de dezembro.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала