Trump reconhece Jerusalém como capital de Israel

© AFP 2022 / JIM WATSONO novo presidente dos EUA Donald Trump na Casa Branca, Washington, 20 de janeiro de 2017
O novo presidente dos EUA Donald Trump na Casa Branca, Washington, 20 de janeiro de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu nesta quarta-feira (6) Jerusalém como capital de Israel.

O presidente dos EUA afirmou que Israel tem o direito de determinar sua própria capital e a decisão é um passo esperado há muito tempo para avançar o processo de paz entre o Estado judeu e a Palestina.

"Meu anúncio marca o começo de uma nova abordagem no conflito entre Israel e palestinos", declarou Trump em pronunciamento na Casa Branca. 

"Com o anúncio reafirmo o comprometimento da minha administração com um futuro de paz", acrescentou o líder norte-americano.

O presidente dos EUA, Donald Trump, toma um copo de vinho durante sua visita oficial à Coreia do Sul, em 7 de novembro de 2017 - Sputnik Brasil
Reconhecimento de Trump de Jerusalém como capital de Israel prejudica paz, diz Palestina
Trump disse que os EUA estão preparados a apoiar Israel em uma resolução de dois Estados no Oriente Médio, caso os israelenses e palestinos queiram isso.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, por sua vez, agradeceu o presidente dos EUA, Donald Trump, pela decisão "valente e justa" de reconhecer Jerusalém como a capital do Estado judeu.

Atualmente, a cidade de Jerusalém é dividida entre Israel e a vizinha Palestina, que reclama das ocupações de povoados palestinos na Cisjordânia por colonialistas israelenses.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала